RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



RODRIGUES. (Domingos) ARTE DE COZINHA

DIVIDIDA EM TRES PARTES, A primeira trata do modo de cozinhar varios guizados de todo o genero de carnes, conservas, tortas, empadas, e pasteis. A segunda de peixes, mariscos, frutas, ervas, ovos, laticinios, doces, conservas do mesmo genero. A terceira de preparar mezas á Franceza em todo o tempo do anno, para hospedar Principes, e Embaixadores. Obra util, e necessaria a todos os que regem, e governaõ caza. Correcta, e emendada nesta setima impressaõ. AUTOR... Mestre da cozinha de Sua Magestade. Lisboa: Na Offic de JOAM ANTON. DA COSTA Impr. do Serenissimo Senhor Infante D. Pedro, e da Sagrada Religiaõ de Malta. Anno MDCCLXV. [1765]. Com todas as licenças necessarias. 

In 8.º de 14,5x cm. Com 295, [i em br.] págs.

Encadernação inteira de pele da época, com nervos e ferros a ouro. Cortes das folhas carminados.  

Ilustrado com duas gravuras em extratexto, uma delas com perda parcial de suporte, impressas na frente e no verso, apresentando o esquema (ordem e lugar) da disposição dos pratos sobre quatro mesas diferentes, em cujo prato principal consta: Prato de Sopa de Aves à Francesa, Primeiro Prato de Assado, Prato Grande de Sopa de Leite e Prato Grande de Pirâmide de Pêssegos e Frutas.. 

Exemplar com a encadernação cansada, com perda superficial de pele na lombada, com alguma acidez devido à qualidade do papel, com um pequeno pico de traça à cabeça das folhas até página 256 e com defeito de impressão que afecta o papel e o texto na página 259.  

A 1ª edição foi publicada em 1680 e posteriormente sucederam-se edições em 1683, 1693 (a primeira com três partes), 1732, 1741, 1758 e nos anos continuou a ser editada até aos nossos dias.    

Obra escrita pelo mestre cozinheiro da Casa Real e contendo receitas da mais alta e conceituada gastronomia portuguesa. Trata-se do primeiro tratado de culinária publicado em língua portuguesa. Nesta obra as receitas que não são da gastronomia portuguesa ganham as designações de "à espanhola", "à francesa" ou "à inglesa".

Nela encontram-se receitas de doces, conservas e a do manjar branco. Entre as mais importantes receitas desta obra encontra-se o único prato português que faz parte do roteiro gastronómico internacional: Galinha sem Ossos ou Galinha Desossada (pág. 32).  

Livro extremamente popular deste mestre de cozinha da Casa Real no reinado de D. Pedro II. Sétima edição, “a mais correcta e acrescentada de todas as anteriores, e por isso preferível para o conhecimento dos termos facultativos da arte”.

Inocêncio, II, 197. 

Referência: 1911PG009
Local: M-1-D-40


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters