RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



MALHEIRO DIAS. (Carlos) CARTAS DE LISBOA.

Terceira serie. (1905-1906). Livraria clássica editora. Lisboa. 1907.

De 19,5x 13 cm. Com 332 págs. Brochado.

Carlos Malheiro Dias, (Porto, 13 de agosto de 1875 — Lisboa, 19 de outubro de 1941), foi um jornalista, cronista, romancista, contista, político e historiador português. Diretor da revista Ilustração Portuguesa e codiretor de O Domingo Ilustrado (1925-1927), colaborou em diversas publicações periódicas, nomeadamente nas publicações periódicas Branco e Negro, (1896-1898), Brasil- Portugal (1899-1914), Serões (1901-1911), Revista do Conservatório Real de Lisboa (1902), Atlantida (1915-1920), Contemporânea (1915-1926), Lusitânia (1924-1927) e Feira da Ladra (1929- 1943). Foi também um dos fundadores da Academia Portuguesa de História (1936), considerada sucessora da Academia Real de História Portuguesa. Foi membro-correspondente da Academia Brasileira de Letras (ABL), sucedendo a Eça de Queiroz.

Referência: 3003MF139
Local: I-96-C-46


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters