RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS, QUADRO A ÓLEO PINTADO SOBRE MADEIRA.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



PARIS. (Jean François) MEMORIA A RESPEITO DA PESTE,

ESCRITA Por M. PARIS, Doutor em Medicina, Coroada pela Faculdade de Medicina de París em 1775. Medicus naturae Minister, sed non Magister. Bagliv. TRADUZIDA DO FRANCEZ POR FILIPPE JOSÉ D, ANDRADE &c. &c. LISBOA, NA REGIA OFFICINA TYPOGRAFICA. M. DCC. LXXXVIII. [1788]. Com licença da Real Meza da Commissão Geral sobre o Exame, e Censura dos Livros.

In 8º de 14,8x9,8 cm. com 166 págs.

Encadernação da época em pele com nervos, belos ferros a ouro e rótulo vermelho na lombada. Apresenta desgate de manuseamento com perda de suporte no pé e na cabeça da lombada. Exemplar com belas folhas de guarda em papel marmoreado e com os cortes das folhas carminados. 

Raríssima tradução de uma obra publicada em Avinhão por Jean Mossy em 1778. Contém o prefácio do autor, introdução com reflexões sobre sobre casos práticos, um extenso catálogo dos autores que escreveram sobre a peste e a memória premiada que ocupa as páginas 61 a 160. Nela define a peste, descreve as suas causas, os seus sinais, os diferentes tipos da doença, os meios de cura e os meios de pervenir a peste.   

Filipe José Gonçalves de Andrade (Travassos do Rio, Montalegre 1753 - Cabril, Montalegre 1833) médico que foi nomeado Cirurgião Mór do Reino do Algarve, por Carta Régia de 2 de Março de 1788. 

Inocêncio II, 298 e IX, 227. 


Temáticas

Referência: 1803PG026
Local: M-1-D-1

Indisponível





Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters