RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



RODRIGUES, João. ESPINGARDA PERFEYTA, & REGRAS PARA A SUA OPERAÇAM

com circunstancias necessarias para seu artificio, & doutrinas úteis para o seu artificio, & doutrinas uteis para o melhor acerto; DEDICADA A’ MAGESTADE DO SERENISSIMO REY DE Portugal Nosso Senhor D. JOAÕ V. Pelos dous Irmãos. CESAR FIOSCONI, E JORDAM GUSERIO. LISBOA OCCIDENTAL, Na Officina de ANTONIO PEDROZO GALRAM. Anno de 1718.

In 8.º de 19,8x14 cm. Com [XXXII], 183 pags.

Encadernação do século XIX inteira de pele ao gosto da época.

Ilustrado com um magnifico frontispício alegórico gravado com as armas de D. João V (ao centro) e 12 (2 desdobráveis) gravuras assinadas por M. Freyre.

Obra muito rara especialmente quando completa. Exemplar em magnifico estado de conservação.

Inocêncio 4, 28. “JOÃO RODRIGUES (2.º), Espingardeiro, muito perito na sua profissão, como diz Barbosa, e se comprova pelo livro que compoz. Foi natural de Lisboa, mas nada consta das datas do seu nascimento e obito. Espingarda perfeita, e regras para a sua operação, com circumstancias necessarias para o seu artificio, e doutrinas uteis para o melhor acerto. Lisboa, por Antonio Pedroso Galrão 1718. 4.º de XXXII-183 pag., com treze estampas.

Este livro, que parece foi escripto por elle, e por seu irmão José Francisco, publicou-se com os nomes de Cesar Fiosconi e Jordam Guserio, que como se vê formam os anagrammas perfeitos dos de seus verdadeiros auctores. Elles constam egualmente da vinheta do frontispicio, posto que tão miudamente gravados, que apenas se percebem á vista, o que me fez observar o sr. Figaniere. Com quanto na obra haja que aproveitar, ao menos no que diz respeito á linguagem technica, e seja de tal qual interesse para a historia da arte, os exemplares ainda assim são pouco procurados, e eu comprei um por quantia bem insignificante. O que não obsta a que o falecido Joaquim Francisco Monteiro de Campos, homem que (como bem sabem os que o conheceram) tirava todo o partido possivel da boa fé, ou melhor da ignorancia dos compradores, vendesse no seu tempo alguns pelo preço exorbitante de 1:920 réis!

Como não poucas vezes apparecem exemplares faltos de algumas estampas, e estas não tenham indicação do numero, nem outra circumstancia, que possa accusar a falta, julgo conveniente dar aqui uma descripção miuda das mesmas estampas, e da sua collocação, para que aquelles a cuja mão fôr ter algum exemplar hajam meio de verificar se todas existem nos seus logares.

Antes da dedicatoria ha um frontispicio gravado, tendo no centro as armas reaes de Portugal. A pag. 8 uma estampa de maior formato, que representa a officina do espingardeiro, com os seus instrumentos e utensilios proprios da arte. A pag. 48 uma estampa no formato do livro, que representa dous artistas batendo uma peça sobre a bigorna. A pag. 76 uma estampa no formato do livro, que mostra o espingardeiro olhando pelo cano da espingarda á maneira de telescopio. A pag. 80, estampa no mesmo formato. Vê-se o espingardeiro affeiçoando ao torno o cano de uma espingarda. A pag. 84, estampa que mostra as dimensões que competem ao referido cano. A pag. 91, estampa que representa o espingardeiro na acção de limar o cano, a regra e compasso. A pag. 95, estampa que mostra o modo de limar os canos redondos. A pag. 121, estampa representando os fechos. A pag. 131, estampa que representa outra maneira de fechos. A pag. 137, estampa que representa os espingardeiros polindo as armas A pag. 147 estampa de maior formato que o do livro, contendo varias peças da espingarda. A pag. 160, estampa que mostra o artista na acção de experimentar a espingarda.”

 Binding: Original vellum, gilt lettered spine title, red edges.

Illustrated with magnificent allegorical frontispiece engraved with the coat-of-arms of king of Portugal D. John V; and 12 engravings (2 are folding) signed by M. Freyre.

Very rare book, especially when complete with all the plates. The first work of its kind and the only one published in Portugal until the 19th Century. Inocêncio 4, 28. "John Rodrigues (2. º), rifle maker, very skilled on this industry composed himself the book. He was born in Lisbon. This book, which apparently was written by him and his brother, José Francisco, was published with the names of Cesar Fiosconi e Jordam Guserio, which are anagrams of their real names. They are also on the title page vignette recorded in miniature riflemen stamps. The technical language used is of interest to the art and history of the weapon technology. Before the dedication is an engraved frontispiece, bearing the royal coat of arms of King of Portugal. Engravings depicting: workshop of the riflemen with their own layout and tools; artists working a piece on the anvil; riflemen looking down the barrel of the gun the way of a telescope; working the barrel of a shotgun; a patterns with the dimensions of the barrel; the flint lockers’ pattern after authors’ design in detail; the safety case of the flint lock; and the trial of the shotgun. "

Referência: 1306CS002
Local: Laurens-03


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters