RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



COPIA DE BRAZAM DE ARMAS, SENTENCA QVE o Doutor Francisco de Britto Pereira, [FILIPE III (Rei de Portugal, 1621-1640)]

Arcediago de Fonte Arcada na Santa See de Braga alcançou para bem de sua justiça., & de seus sobrinhos. S/I. S/L. [Lisboa?] S/D. [1632?].

In fólio de 30,2x21,5 cm. Com 2 fólios com 3 páginas impressas inumeradas.

Ecadernação recente em pergaminho rígido ao estilo da época.

Ilustrado com o brasão de armas gravado ao centro da primeira página.

Muito raro. Não existe exemplar na BNP. Carta de Brasão impressa. Cartas de brasão impressas são espécimes bibliográficos muito raros.

Breve resenha do conteúdo:

DOM Phelippe Terceiro per graça de Deos, Rey de Portugal, & dos Algarues… Faço Saber aos que esta minha Carta de Brazão de Armas, & nobreza, digna de fee, vire[m], que por parte do Doutor Francisco de Britto Pereira…, lhe he necessário prouar pelas Chronicas dos Reys de Portugal, & por certidões autenticas tiradas dos liuros das nobrezas do Reyno, feito pelo Infante Dom Pedro, que esta na Torre do Tombo da Cidade de Lisboa, & do Cartorio da Cõmenda da vera Cruz, & do Cartorio da Camara da villa de Portel, por instrumento de seis testemunhas, qualificadas, tirado na ditta villa de Vianna. Como elle supplicante Francisco…, descende por linha legitima Masculina & Paterna do Infante D. Affonso Dinis filho delrey D. Affonso III. & dos mais Reys antecessores do Reyno de Portugal; & por linha feminina he descendente também da Infante Dona Tareja Affonso finha natural delRey D. Affonso Henriquez primeiro Rey deste Reyno, se mostra sem atè o prezente, não auerem em sua geração nenhu[m]a bastardia, nem sangue Iudeu, ou Mouro, nem gentio, nem outra roim ou baixa casta. O que se proua pella maneira seguinte. Coue[m] saber, descender elle supplicante de D. Ioão de Auoim de illustrissima geração, que foi mordomo mòr delRey D. Afonso III. Conde de Bolonia em França, o qual Dom Ioão de Auoim foy fundador, & Senhor da villa de Portel; & elle, & sua molher D. Marinha Affonso de Arganil, derão e dotarão à Religião de S. Ioão de Malta os padroados das Igrejas do Mosteiro de Marmelar, Sitas na villa de Portel, que hoje he Cõmenda da vera Cruz… Dado nesta Corte, e Cidade de Lisboa aos 19. De Março Anno… de 1632. E eu Martim Affonso Rey darmas de Portugal pedi a Ioão Baptista Rey darmas Algarue por Sua MAgestade que este Brazão assinassse, por escrivão da nobreza Francisco Luis ser fora da Cidade… Foy resistado es te Brazam d’Armas , no liuro dos resisto da nobreza dos fidalgos della… oje o primeiro de Abril de 1632. Martim Affonso Valdouino.

Referência: 1211CS006
Local: SACO PG10


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters