RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



ANDRADE SANTOS. (Maria Alice G. de) NAS GRUTAS MARAVILHOSAS.

Desenhos e original de Maria Alice Guedes de Andrade Santos. Edições Europa. Lisboa.

De 25x18,5 cm. Com 55 págs. Encadernação do editor ilustrada na pasta anterior.

Maria Alice Guedes de Andrade Santos, (Lisboa, 1917), tem o seu nome indissoluvelmente ligado à publicação de que foi diretora durante cerca de trinta anos, o jornal destinado às mais jovens filiadas da Mocidade Portuguesa Feminina, que surgiu em 1943 com o título Lusitas, tendo, anos mais tarde, mudado para o nome com que ficou celebrizado, Fagulha.

Licenciada em Ciências Económico-Financeiras pela Universidade Técnica de Lisboa, Maria Alice de Andrade Santos foi, desde o surgimento da publicação, sua diretora e editora, colaborando nela ativamente (tal como aliás a sua irmã, Maria Teresa Andrade Santos) como autora de contos, novelas, músicas, ilustrações, ideias de lavores e trabalhos manuais, etc.

A Fagulha, veículo de uma ideologia moral e social muito concreta (pretendia-se uma lição permanente do «ideal cristão e português» do Estado Novo), foi por si dirigida com um cuidado e uma diversidade nada casuais, tendo a diretora feito previamente um estágio em Paris, para estudo das publicações para a juventude aí existentes. A sua obra, para além da Fagulha, é toda ela dirigida à infância e juventude, estando igualmente imbuída de um forte pendor moralizante. Foi, desde 1953, subdiretora da Secção Cultural da Mocidade Portuguesa Feminina.

Referência: 3003MF158
Local: I-111-B-23


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters