RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



TEIXEIRA DE QUEIROZ. O FAMOSO GALRÃO.

Comédia Portugueza. Por... (Bento Moreno). Tavares Cardoso & Irmão. Lisboa. 1898.

De 17,5x11 cm. Com viii, 340 págs.

Encadernação da época com lombada e cantos em pele, com nervos, ferros a ouro e a seco. 

Exemplar com etiqueta do encadernador Santos & Alves de Lisboa colada no interior da encadernação. 

Teixeira de Queirós, (Arcos de Valdevez, 1848 - Sintra, 1919) Romancista cuja obra, repartida por dois grupos – a que deu os títulos genéricos de Comédia Burguesa e Comédia de Campo –, se inscreve na tendência do realismo naturalista do último quartel do século XIX, onde ocupa um lugar de merecido relevo. Óscar Lopes e António José Saraiva consideram-no «o melhor realizador, em Portugal, do romance tal como o concebeu Balzac», tendo sobretudo em mente o romance Salústio Nogueira, que pertence ao primeiro daqueles ciclos e é um vasto fresco da sociedade portuguesa oitocentista, analisada com elevada acutilância crítica. Integrada no mesmo ciclo, escreveu também uma comédia, O Grande Homem, que, não obstante certos desvios românticos, marca o começo do naturalismo na cena portuguesa. Usou o pseudónimo Bento Moreno.

Referência: 3003LC657
Local: I-99-A-8


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters