RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS, QUADRO A ÓLEO PINTADO SOBRE MADEIRA.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



ANUNCIAÇÃO. (Frei Francisco da) CONSULTA MYSTICO-MORAL SOBRE O HABITO DE CERTAS RELIGIOSAS DA ORDEM DE S. CLARA URBANAS,

Na qual se trata da Uniformidade, Singularidade, Publicidade, Uniões, Divizões, Amizades particulares, Escandalos, & outras couzas, que deve, ou não deve haver entre os membros de huma Communidade Regular. Escrita pelo Padre Doutor Fr. Francisco da Annunciacaõ da Ordem dos Eremitas de Santo Agostinho, e offerecida ao Illustrissimo Senhor D. Rodrigo de Moura Tellez Arcebispo Primaz, do Conselho de Estado &c. Coimbra. No Real Collegio das Artes da Companhia de Jesus. Anno de M. DCC. XVII [1717]. Com todas as licenças necessárias.

In 4º de 19x14 cm. Com [xxxii], 295. [i em br.] págs. Encadernação da época em pergaminho com título, autor e data gravados a ouro em rótulo verde na lombada. Impresso em papel de linho avergoado.

Ilustrado com elaborados cabeções, florões de remate e belas iniciais decoradas com motivos vegetalistas.

Exemplar com ligeiros picos de traça nas pastas da encadernação.

Obra de bastante interesse para o estudo da vida monástica da época, cujos problemas são aqui tratados de forma directa e frontal. As páginas finais, a partir da página 221,  incluem Appendix com vinte e oito censuras (pareceres de teólogos e outros religiosos) e Index  da obra.

Frei Francisco da Anunciação (Portel, 1668 - Lisboa, 1720), recebeu o hábito de Santo Agostinho em 1685 e doutorou-se em Teologia pela Universidade de Coimbra no ano de 1698. De acordo com Fr. Manoel de Figueiredo (Flos Sanct. August. Tom. 4. página 143.) citado por Barbosa Machado «Foy Varaõ verdadeiramente Apostolico de oraçaõ fervorosa, e extensa; de zelo ardentissimo na reforma dos Religiosos, que procurava, criando-os no santo temor de Deos, e exercicio da Oraçaõ. Era consultado de tantas pessoas deste Reyno, que só sendo a sua penna movida por superior impulso poderia dar repostas como dava a taõ frequentes consultas com tanta luz, e com tanto acerto.»

Ref.: Barbosa Machado, II, p. 108. Inocêncio não refere o autor. Azevedo e Samodães, 170, com paginação errada; Monteverde, 216. 


Temáticas

Referência: 2107AD016
Local: M-11-C-66


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters