RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



VÉRTICE, Nº422-423.

Vol. XXXIX. Julho-Agosto. Director Joaquim Namorado. Atlântida Editora. Coimbra. 1979. 

De 22x16 cm. Com 95 págs, com paginação numerada da página 289 à 384 . Brochado.

Ilustrado no texto com reproduções a preto e branco de algumas pinturas de Júlio Resende da década de 50 do século XX. Desenho da capa por Groz, reproduzido na página 290.

Contém diversos artigos de vários autores, dos quais se destacam Urbano Tavares Rodrigues, Martin A. Kayman, entre outros.

A Vértice é uma revista portuguesa de cultura e arte, fundada em Coimbra, em 1942. Em Fevereiro de 1945 (n.º 4-7), sob uma nova direcção integrada por um grupo de jovens, torna-se uma tribuna do movimento neorealista português e um instrumento de resistência à ditadura do Estado Novo.

Ao cobrir uma vasta gama de temas no quadro da multidisciplinaridade e interdisciplinaridade, é um espaço de intervenção cultural, um projecto e um instrumento de reflexão, crítica e debate. Entende a cultura em sentido amplo, dando atenção tanto à criação literária, artística, filosófica e científica, como à realidade económica, social e política.

Referência: 2103PA290
Local: I-103-F-8


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters