RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



SCHNEIDEWEIN. (Johann) IN QUATUOR INSTITUTIONUM IMPERIALIUM D. JUSTINIANI LIBROS, COMMENTARII,

JOANNIS SCHNEIDEWINI J.U. D. CLARISSIMI, Et Professoris quondam Publici ac Celeberrimi, In Quatuor INSTITUTIONUM IMPERIALIUM D. JUSTINIANI LIBROS, COMMENTARII, In Usum Juris Studiosorum, nec-non omnium praxin Forensem sectantium, cum multis Libellorum, & Actuum judicialium formis editi; A Variis Nobilissimis Doctoribus Illustrati, & singularibus Annotationibus adaucti; atque ad normam Indicis Sacrae Inquisitionis expurgatorii diligentissimè emendati. Additus Est Index Materiarum Scitu Dignarum, vetere illo ex Annotationibus Gothofredi & aliorum longè locupletior, In hac Nova Editione, prae caeteris nobilissima & accuratissima. Coloniae Agrippinae, Ex Officina VIDUAE WILH. METTERNICH & FILII, Bibliopol. ANNO M. DCC. XXXX. [1740].

In 4º de 24x19 cm. Com [vi], 976, [lxxxvi] págs. Encadernação da época inteira de pele com nervos e ferros a ouro na lombada. Corte de folhas carminado,

Ilustrado com o retrato do autor em gravura aberta em chapa de metal. Folha de rosto impressa a preto e vermelho ornamentada com a marca do impressor em xilogravura.

Exemplar com falta de pele no pé da lombada, leves picos de traça que não afectam a leitura e com falta de uma das folhas preliminares. 

As folhas preliminares contêm a dedicatória e o índice das rubricas.

Trata-se da obra mais importante deste jurista alemão que foi editada pela primeira vez em 1573. 

Johann Schneidewein (Stolberg, Südharz, Alemanha 1519 - Zerbst, Anhalt 1568) iniciou os seus estudos na universidade de Wittenberg em 1529, com apenas 10 anos. Durante cerca de dez anos foi hóspede de Lutero, amigo de seu pai. Depois de ter estudado as sete Artes Liberais (lógica, gramática, retórica, aritmética, música, geometria, astronomia), optou pela especialização em Direito.

Os seus escritos foram censurados pela Inquisição e estavam incluídos na lista de livros proíbidos publicada pelo Papa Clemente VIII, porque as suas ideias relativamente - entre outras - ao asilo em solo sagrado para criminosos e ao divórcio, influenciadas pela convivência com Lutero, iam contra os canones católicos.

 

Referência: 2012PG047
Local: M-16-C-21


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters