RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



GAMITO. (António Candido Pedroso) O MUATA CAZEMBE OS POVOS MARAVES, CHÉVAS MUIZAS, MUEMBAS, LUNDAS E OUTROS DA AFRICA AUSTRAL.

E OS POVOS MARAVES, CHÉVAS MUIZAS, MUEMBAS, LUNDAS E OUTROS DA AFRICA AUSTRAL. DIÁRIO DA EXPEDIÇÃO PORTUGUEZA COMMANDADA PELO MAJOR MONTEIRO, E DIRIGIDA AQUELLE IMPERADOR NOS ANNOS DE 1831 E 1832 REDIGIDO PELO MAJOR A. C. P. GAMITO. SEGUNDO COMANDANTE DA EXPEDIÇÃO COM UM MAPPA DO PAIZ OBSERVADO ENTRE TETE E LUNDA. LISBOA. IMPRENSA NACIONAL 1854.

In 8.º de 23x14 cm com xxvi, 501, [ii] págs.

Encadernação do século XX com lombada e cantos em pele, nervos e rótulo vermelho com ferros decorativos gravados a ouro. Cortes das folhas colorido a verde originalmente.

Ilustrado com 22 litografias a preto e branco e um mapa desdobrável (45 x 28 cm).

Primeira edição da mais bela obra da tipografia portuguesa ilustrada sobre viagens de exploração no continente africano.

Os exemplares são raríssimos no mercado e quase sempre apresentam muitos defeitos. Julgamos que a edição constou apenas de 100 exemplares, sendo 20 coloridos manualmente a água-tinta. As belas gravuras mostram vistas, artefactos e retratos, proporcionando um excelente registo visual da cultura centro sul-africana.

Diário da expedição portuguesa comandada pelo major Correia Monteiro e direccionada ao Imperador Muata Cazembe nos anos de 1831 e 1832 esta obra é redigida pelo major A. C. P. Gamito. Segundo comandante da expedição, viajante e observador com um interesse genuíno nos costumes e tradições dos povos que encontrou. A sua narrativa regista valiosa informação etnográfica sobre o Malawi, os Chewa e Tumbuka, os Bissa, os Lunda, e os Bemba. Gamitto foi o primeiro a relatar que o Malawi era uma sociedade matriarcal e descreveu em pormenor vários processos técnicos e costumes que, entretanto, desapareceram.

ANTONIO CANDIDO PEDROSO GAMITTO (Setúbal, 16 de abril de 1806 - 16 de abril de 1866). Serviu militarmente por mais de dezassete anos na província de Moçambique, para a qual foi despachado Alferes em 1825. Ainda em 1853, sendo Governador da torre do Outão, teve de voltar a Africa, nomeado Governador do distrito de Tete. Para além desta obra tem publicados vários artigos no Archivo Pittoresco, 1857-1858, fruto das suas observações e da experiência adquirida durante a sua demorada residência nos diversos países da Africa oriental.

Comentário pormenorizado da viagem ao Cazembe

 In octavo. 23x14 cm with xxvi, 501, [ii] pages.

20th century binding with leather spine and corners, nerves and red label gilt tooled. Green sprinkled edges.

Illustrated with 22 black and white lithographs and a folding map (45 x 28 cm).

First edition of the most beautiful work of the Portuguese typography on exploration trips on the African continent.

The copies are very rare on the market and almost always have many defects. We believe that the edition consisted of only 100 copies, 20 of which were hand-coloured with aquatint. The beautiful engravings show views, artefacts and portraits, providing an excellent visual record of South-Central African culture.

Diary of the Portuguese expedition commanded by Major Correia Monteiro and targeted to Emperor Muata Cazembe in 1831 and 1832 this work was written by Major A. C. P. Gamito. Second in comand of the expedition, traveller and observer with a genuine interest in the customs and traditions of the peoples he met. His narrative registers valuable ethnographic information on Malawi, the Chewa and Tumbuka, the Bissa, the Lunda, and the Bemba. Gamitto was the first to report that Malawi was a matriarchal society and described in detail several technical processes and customs that have since then disappeared.

ANTONIO CANDIDO PEDROSO GAMITTO (Setúbal, April 16, 1806 - April 16, 1866). Served militarily for over seventeen years in the province of Mozambique, to which he was dispatched as an Ensign in 1825. In 1853, still being Governor of the Tower of Outão, he had to return to Africa, appointed Governor of Tete District. In addition to this work, he published several articles in Archivo Pittoresco, 1857-1858, as a result of his observations and the experience acquired during his long stay in the various countries of East Africa.

Detailed comment on the expedition to Kazembe

Referências/References:

Mendelssohn I, p. 586; not in Gay, Bibl. de l´Afrique et l´Arabe; cf. Cunnison, 'Kazembe and the Portuguese 1798-1832', in: Journal of African History, vol. 2 (1961), no. 1, pp. 61-76; Marwick, 'An Ethnographic Classic Brought to Light', in: Africa vol. 34 (Jan. 1964), no. 1, pp. 46-56; Inocêncio, v.1, p. 103; v. 8, p. 109.

Referência: 2011NM001
Local: PCS1


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters