RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



BARREIRA. (João) ARTE PORTUGUESA. PINTURA.

Volume dedicado à Pintura. Publicado sob a direcção de... Edições Excelsior. S/d. [1946-1951].

De 32,5x24 cm. com 461, [iii] págs. Belíssima encadernação com lombada e cantos em pele, com nervos e ferros a ouro e folhas de guarda decorativas. Cabeça do corte das folhas carminada. A encadernação preserva as capas de brochura e inclui uma fita marcadora de seda vermelha. Obra luxuosa, impressa em papel de elevada qualidade.

Profusamente ilustrado no texto com retratos, gravuras e reproduções de iluminuras, pituras, desenhos e outras obras de arte, a preto e branco; em extratexto, com reproduções de quadros a cores coladas em papel cartonado e colorido (entre as quais a reprodução de um quadro de Columbano com o retrato do autor). As ilustrações em extratexto são decoradas com molduras desenhadas, impressas sobre papel couché e encontram-se coladas apenas pela parte superior destas.

Exemplar com assinaturas de posse manuscritas na folha de rosto e na página 5. Contém ainda uma etiqueta do encadernador «Fausto Fernandes», Lisboa, 1952, colada na folha de guarda anterior da encadernação. A identificação do encadernador também está presente na pasta posterior, gravada a ferros a seco.

Obra originalmente publicada em fascículos, agrupados num volume dedicado à Arquitectura e Escultura, um volume dedicado à Pintura e dois volumes dedicados às Artes Decorativas.

O volume dedicado à Arquitectura e à Escultura aborda o tema dos grandes monumentos e também os temas da habitação tradicional em Portugal e dos presépios de barro.

O volume dedicado à Pintura (incluíndo em grande parte o estudo dos frescos e das iluminuras de livros) teve a colaboração de Adriano de Gusmão em Os Primitivos e a Renascença; de Reinaldo dos Santos em A Pintura na Segunda Metade do séc. XVI ao final do séc. XVII; de Julieta Ferrão em A Pintura no século XVIII; de Carlos Passos em O pintor Vieira Portuense; e de Diogo de Macedo em A Arte nos séculos XIX e XX.

Os volumes dedicados às Artes Decorativas incidem, entre outros temas, sobre: A Ourivesaria em Portugal (profana e religiosa), por João Couto; Os Pelourinhos e os Cruzeiros, por Luís Chaves; A Cerâmica em Portugal, por Armando Vieira Santos; A Arte Indo- Portuguesa, por Maria Helena Cagigal e Silva; Tapetes de Arraiolos, por Maria José Mendonça; A Arte nos Metais (ferro, bronze, cobre, latão , estanho e lata), por Luís Chaves; o Mobiliário, por Luís Chaves; a Heráldica na Decoração, por António Machado de Faria; Os Azulejos em Portugal, por Armando Vieira Santos; A Ilustração do Livro (retratos, vinhetas, gravadores e técnicas em Portugal), por Ernesto Soares; O Vidro em Portugal, por Armando Vieira Santos; Colchas de Castelo Branco e Rendas de Peniche, por Clementina Carneiro de Moura; Os Bordados da Madeira, por Vasco de Lucena; Os Coches em Portugal, por Armando Vieira Santos; e ainda de salientar um estudo de 90 páginas sobre os Jardins em Portugal (incluíndo os jardins públicos, os jardins municipais, os jardins dos palácios do Estado, o Jardim Zoológico, as tapadas, os jardins botânicos, etc.), por Armando de Lucena.

Referência: 2010SB330
Local: I-50-D-2


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters