RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



SEQUEIRA DIAS. (Fátima) A FÁBRICA DE TABACO MICAELENSE. 1866-1995.

Edição da Fábrica de Tabaco Micaelense. Ponta Delgada. 1995.

De 29x25 cm. Com 128 págs.

Encadernação do editor com sobrecapa de protecção ilustrada. Muito ilustrado.

Obra de vulgarização consagrada à narrativa da história do tabaco e da história de José Bensaúde e dos empresários que projectaram, construíram e geriram a Fábrica de Tabaco Micaelense, desde a sua fundação, em 1866, até aos nossos dias.

Oferece uma panorâmica sobre a produção, transformação e consumo de tabaco na região, ajuizando a respeito da situação agrícola micaelense e das restantes ilhas. Contém apensas Notas, Cronologia, Documentos e remissões várias.

Publicada no âmbito de um plano cultural gizado e executado pelo Senhor Engenheiro António Clemente Costa Santos, Presidente do Conselho de Administração da F.T.M.

 

Referência: 1811JR004
Local: I-1-D-14


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express

SERVIÇOS

Avaliações e Compra


Organização de Arquivos


Pesquisa Bibliográfica


A SUA ENCOMENDA

Ver

Encomendar


Valor: €0

Temáticas


Índice Geral / All Categories

Livros Raros / Rare Books

free counters