RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



BRANDÃO. (João) TRATADO DA MAJESTADE, GRANDEZA E ABASTANÇA DA CIDADE DE LISBOA, Na 2ª Metade do Século XVI.

(Estatística de Lisboa de 1552) Autor: João Brandão (de Buarcos), escudeiro fidalgo da casa de El-Rei D. João III. Texto impresso sôb a direcção de Anselmo Bramcamp Freire. Comentarios e Notas de Gomes de Brito Membros da Academia das Sciencias de Lisboa. Livraria Ferin, Editora. Lisboa. 1923.

De 29x21,5 cm. Com [xv], 278, [ii] págs.

Encadernação da época com lombada em pele com nervos e ferros a ouro.

Aparado à cabeça, com cortes das folhas dourados. Preserva as capas e a lombada de brochura. Exemplar impresso com grande nitidez sobre papel de linho de elevada qualidade.

Apresenta o ex-libris de J. Pinto Ferreira no interior da pasta anterior.

Obra rara, com uma tiragem restricta, cuidadosamente editada e anotada, com extraordinária riqueza de informação sobre todas as actividades económicas que se realizavam em Lisboa na segunda metade do século XVI, elaborada por João Brandão, (1480? - Lisboa, 1562), Cavaleiro Fidalgo da Casa Real que combateu no Norte de África e foi rendeiro da dízima do carvão, lenha, casca, telha, tijolo, junco, esparto, linho e arcos.

Inclui prólogo (com o título: Duas palavras ao benigno leitor) e Advertência prévia, os dois da autoria de J. J. Gomes de Brito, extensas notas de rodapé, vários estudos e anexos nas páginas finais com os seguintes títulos: Exame que à contabilidade deste tratado fez o Academico Rodrigo José de Lima Felner, Retoques e correcções às notas, Lista dos autores e dos diplomas citados no texto das notas e Comparação entre os ofícios, tratos e ocupações mencionados pelo autor e as citadas no Sumário de Christovão Rodrigues de Oliveira. Por último apresenta índice remissivo dos assuntos tratados no texto do manuscrito e erratas das notas.

Fonte muito importante para o estudo da Lisboa Quinhentista, que era a maior cidade do mundo nesta época. Inclui informações inéditas sobre a administração geral da cidade, a administração ultramarina, da Casa da Moeda, do Hospital e da Misericórdia. Obra igualmente muito relevante para o estudo da evolução da língua portuguesa.

Referência: 1810PG057
Local: M-13-E-31


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters