RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



FERREIRA LIMA. (Antonino) MONUMENTAL ESCANDALO DA MINHA INJUSTISSIMA PRONUNCIA.

E o Sr. Juiz de Direito da Louzã Joaquim Travassos Valdez pelo Bacharel ... Médico do Partido Municipal de Poiares. Imprensa Academica. Coimbra. 1875.

In 8º de 21x15,5 cm. com 135, [i] págs. Brochado.

Exemplar com esfacelamento no canto superior direito da capa de brochura e das primeiras 10 páginas. 

Publicação muito rara (a BNP não regista exemplares) destinada a divulgar as peças do processo em que o autor foi acusado e condenado por falsificação de documentos pelo juiz de direito da Lousã, Joaquim Travassos Valdez, sendo absolvido pelo acordão da Relação, que criticou duramente a decisão da 1ª Instância.

Contém referências aos artigos publicados na imprensa por ocasião da sua pronúncia e prisão, a transcrição dos artigos que o autor publicou para se defender das acusações e as peças administrativas e processuais, requerimentos, despachos, certidões, atestados e acordãos.   

O caso refere-se ao recenseamento militar de 1873 e à  falsificação dos documentos dos processos de recrutamento para livrar do cumprimento do serviço militar pessoas amigas dos falsificadores. 

Fonte muito importante para o estudo da administração pública e da justiça em Portugal na segunda metade do século XIX. 

  

Referência: 1807PG041
Local: I-6-D-127


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters