RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



SANTANA. (Frei João de) REAL EDIFICIO MAFRENSE – REPRODUÇÃO EM FOTOCÓPIA.

[...]Visto por fôra, e por dentro: ou Descripçaõ exacta, e circunstanciada do REGIO PALACIO, E CONVENTO DE MAFRA externa e internamente considerados, com a explicaçaõ das Plantas que deste magnifico e admiravel Edificio levantou Amancio Joze Henriques, Segundo Tenente da Marinha, e Ajudante Architecto da Caza do Risco das Obras Publicas e Director das do dito Real Edificio. Seu Author … Pregador d’EL REI NOSSO SENHOR E Bibliothecario da Sua Real Livraria de Mafra. Feita no anno de 1828.

De 42x30 cm. com [ii], 463 págs.

Belíssima encadernação em pele, decorada com esquadrias ornamentadas e título gravados a ouro na pasta anterior. Lombada com títulos, ferros e motivos decorativos vegetalistas gravados a ouro. Corte das folhas dourado. Folhas de guarda de grande beleza com motivos florais a cores. 

Exemplar fac-símile policopiado, executado em finais do século XX a partir do manuscrito original pertencente ao acervo da Biblioteca do Palácio Nacional de Mafra.

Extensa e minuciosa relação em que se apresentam, à laia de cicerone, as principais divisões, características e zonas de interesse do Conjunto Arquitetónico Barroco de Mafra, formado por um Paço Real, Basílica, Jardins e Convento. Fornece ainda pormenores de grande interesse para o conhecimento da vida conventual naquele complexo.

Apresenta apensos um «Indice das cousas, que se contem neste livro» e uma «Relaçaõ geral de todas as Cazas, portaes, janelas, escadas, e outras mais cousas, que há em todo o Edificio».

Professo na Província da Arrábida, o autor foi nomeado em 1809 Bibliotecário da Real Livraria de Mafra, tendo assegurado pessoalmente a colocação nas estantes dos pergaminhos e manuscritos, assinalando os temas nelas contidos, e produzindo, na sequência desta árdua tarefa, um catálogo onomástico em oito volumes manuscritos, que concluiu em 1821.

Inocêncio III, 284. Refere Frei João dos Santos, como autor de Sermões por ocasião de cerimónias reais em honra de D. João VI e de D. Miguel, entre 1823 e 1827, mas não refere esta obra nem outros manuscritos deste autor.  

Referência: 1806JR021
Local: M-11-A-50


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters