RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



SERRAS E SILVA. (João) HISTÓRIA DE UMA RAPARIGA MODERNA.

Coimbra Editora. S. d.

De 19x13,5 cm. com [iv], 141 págs.

Brochado.

Obra que contém um preâmbulo, em que se explica a génese deste livro, sete capítulos e a conclusão.

O autor, através da correspondência que recebia em resposta aos seus artigos publicados no Diário Popular e reflectindo sobre um caso verídico, defende a santidade do casamento que se tem de basear num amor desinteressado, em amizade e respeito e não em paixões superficiais e passageiras. 

João Serras e Silva (Santa Clara, Alcaravela. Sardoal 1868 - Lisboa 1956), professor catedrático da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, foi procurador da Câmara Corporativa e Presidente da Comissão de Literatura e Espectáculos para Menores criada pelo Decreto nº 38964, entre muitos outros cargos e funções que exerceu. Foi toda a sua vida um fervoroso católico e recebia em sua casa jovens estudantes que viriam a dominar a vida política e eclesiástica de Portugal, como António de Oliveira Salazar, D. Manuel Gonçalves Cerejeira, D. Manuel Trindade Salgueiro, Pacheco de Amorim e Bernardo de Vasconcelos.  

À sua vasta cultura e extraordinária actividade intelectual, aliava uma invulgar modéstia, que o levou a recusar a Grã-Cruz da Ordem de S. Tiago, com que o Governo o quis distinguir em 1937 e a nomeação de sócio da Academia de Ciências, para que esta douta corporação quis indigitá-lo na mesma época.

Referência: 1804PG152
Local: I-7-E-33


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters