RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS, QUADRO A ÓLEO PINTADO SOBRE MADEIRA.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



HISTORIA DA IMPERATRIZ PORCINA.

HISTORIA NOVAMENTE FEITA DA Imperatriz Porcina, mulher do Imperador Lodonio de Roma, em a qual se trata, como o dito Imperador mandou matar a esta Senhora por hum testimunho, que lhe levantou o Irmaõ do dito Imperador; e como escapou da morte, e dos muitos trabalhos, e fortunas, que passou; e de como por sua bondade, e muita honestidade tornou a cobrar seu estado com mais honra, que de primeiro. Lisboa. Na Officina de FRANCISCO BORGES DE SOUSA. Anno de 1758. Com todas as licenças necessarias, e Privilegio Real.

In 4º de 19,6x14,2 cm. Com 24 págs. Brochado. Ilustrado com xilogravura na folha de rosto representando a personagem da peça com touca emplumada e uma flor na mão, enquadrada por uma cercadura oval, com florões nos cantos. Texto impresso a duas colunas com título na 1ª página e o pé de imprensa na página 24, que apresenta logo a seguir o anúncio: «Este Acto, e os mais, que se vaõ continuando, vendem-se na rua de Santo Antonio, na loja de Joaquim Alvarez dos Santos.»

Exemplar com numeração manuscrita de 509 a 532 e outra de 143 a 166 e falta de papel na parte central da folha de rosto.

Folheto de cordel numa raríssima edição desconhecida de Inocêncio e dos principais bibliógrafos de uma obra de literatura popular de grande difusão e importância cultural, etnográfica e literária. Inocêncio atribui esta obra a Baltazar Dias e indica edições de Lisboa, Domingos Carneiro, 1660 e Lisboa, Francisco Borges de Sousa, 1790.

Extenso romance em versos septissílabos, que narra uma história que serve para ilustrar o valor da bondade e rectidão de carácter. Com origem na literatura da Idade Média, terá influências de modelos orientais. Conhecem-se versões em latim, francês, castelhano, italiano e holandês. Este texto era declamado e representado no Norte de Portugal na década de cinquenta do século XX, no Brasil, nos Açores, donde passou para os Estados Unidos da América e foi recolhida uma versão dita por um contador de histórias da Freguesia de Vimioso, Bragança, em 2010.

Ver: Luís da Câmara Cascudo. História da Imperatriz Porcina, crónica de uma novela do Século XVI, popular em Portugal e no Brasil. Lisboa. 1952.

Inocêncio I, 322 e VIII, 357.

Referência: 1803PG071
Local: Gravureiro Gav. 7-09


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters