RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



SÁ COUTINHO. (João de Azevedo) QUADRO POLITICO, HISTORICO E BIOGRAPHICO DO PARLAMENTO DE 1842.

Por um eremita da Serra d’Arga. Jus suum cuique tribuere. Typographia de Manoel de J. Coelho. Lisboa. 1845.

In 8º de 20x13 cm. com 136 págs. Encadernação da primeira metade do século XX, com lombada em pele e com alguns picos de traça.

Exemplar com carimbo oleográfico da Casa Palmela na folha de rosto.

Obra dividida em três partes. Na primeira descreve os casos mais relevantes da legislatura, a segunda é composta por notas biográficas dos parlamentares com apreciações críticas dos seus traços de carácter e das suas actuações, a terceira parte faz um balanço geral da situação política da época.

Fonte muito importante para o estudo da Monarquia Constitucional e em especial dos governos de Costa Cabral.

João de Azevedo Sá Coutinho (Viana do Castelo, 1811 – Lisboa, 1854), magistrado formado em Cânones pela Universidade de Coimbra, foi deputado na legislatura de 1842, durante a qual se opôs a Costa Cabral. Inocêncio escreve de forma sibilina: «Em 1842 veiu para a capital, com o intento de obter algum emprego publico, o que todavia não conseguiu, mostrando-se-lhe a fortuna sempre avessa n'esta parte. Dotado de innegavel talento, carecia ás vezes da prudencia necessaria para regular as suas acções; d'essa falta lhe provieram alguns desgostos, que talvez concorreram poderosamente para abbreviar-lhe a existencia.».

Inocêncio III, 297-298.

Referência: 1703PG112
Local: I-12-E-19


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters