RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



VENTUROSA (A) INFELIZ CASADA, VIUVA, E FREIRA. COMEDIA TRAGICA.

LISBOA, Na Officina Patriarcal de Francisco Luiz Ameno. MDCCLV. (1755) Com as licenças necessárias.

De 20x15 cm. com 35, [i] págs. Brochado.

Título ao alto da página 1. Segue-se: Pessoas que fallam. Carlos, Rey de França. Henrique, Duque. Aurora, sua Irmã. Laura, sua Criada. Diogenes, Médico. Felizardo, seu Filho. Auristella, sua Irmã. Laurencio, Criado do Duque. No meio da página 1 começa logo o texto em verso dividido em três jornadas e impresso a duas colunas. Pé de imprensa impresso na parte inferior da página 35. Página sem numeração em branco.

Folheto de cordel com peça de teatro de autor anónimo escrita segundo o modelo das comédias castelhanas. 

Edição raríssima mencionada (mas não vista) por Inocêncio e que não existe na BNP.

Obra de excepcional importância para a história do teatro em Portugal.

Inocêncio VI, 285. Nº 175 regista edição de Lisboa. Oficina de Manuel Coelho Amado.1764.

Inocêncio XVI, 299 e em XVII, 92. Nº 185 atribui esta peça a Manuel Ribeiro, sem ter muitos fundamentos e citando o título incompleto: «Casada viuva e freira».

Referência: 1701PG036
Local: Gravureiro Gav. 7-25


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters