RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



BARRETO. (P. GREGÓRIO) NOVA LOGICA CONIMBRICENSIS.

Labore, & opera P. Gregorii BARRETO è Societate JESU, In Academia Conimbricensi olim Philosophiae, & Primario Theologiae Professore, & in Ulyssiponensi S. Antonii Magni Collegio Studiorum Praefecto. (Emblema da Companhia de Jesus cercado por motivos florias e enquadrado por uma cercadura tendo no lado esquerdo: Super omne nomen. Phil. 2. E no lado direito: Super mel, & favum. Psal. 18.) IN SEX TRACTATUS TRIBUITUR. Primus disserit de Proaemialibus Dialecticae. Secundus de Praedicabilibus, & Praedicamentis. Tertius de Interpretatione. Quartus de Priori Resolutione. Quintus de Posteriori Resolutione. Sextus de Topicis, & Elenchis. Ulyssipone Colegium S. Antonii Magni Societatis JESU typis mandavit cum privilegio Regio in hac secunda editione. ULYSSIPONE OCCIDENTALI. Ex Praelo MICHAELIS Rodrigues. D. Patriarchae Typograpjhi. M. DCC. XXXIV. (1734) Cum facultate Superiorum.

De 20,5x15,6 cm. Com [xvi], 381 págs.

Encadernação inteira de pele da época, com nervos e ferros a ouro na lombada.

Texto ornamentado com iniciais decoradas e florões de remate. Ilustrado no texto com esquemas e quadros destinados a tornar mais clara a exposição das matérias.   

Muito rara 2ª edição, tendo sido a primeira publicada, sem nome do autor, em Lisboa e impressa por António Pedroso Galrão em 1711.  

Exemplar com assinatura de posse no interior da pasta anterior de Manuel António de Souza Correia Monção, com datas de 23 de Outubro de 1752 e 1753. Manchas de humidade, mas exemplar sólido e em muito bom estado.  

Compêndio de filosofia, que expõe a lógica segundo as categorias aristotélicas e se enquadra no esforço de renovação dos compêndios dos Conimbricences (que tinham sido publicados entre 1592 e 1606) no século XVIII por Padres da Companhia de Jesus como Gregório Barreto ou o Padre António Cordeiro.

O autor (Cantanhede, 1669-Évora, 14-01-1729) entrou na Companhia de Jesus a 22 de Janeiro de 1685, em Coimbra, onde estudou filosofia e teologia de 1688 a 1701, tendo sido professor das mesmas disciplinas na mesma Universidade e ensinado retórica em Santo Antão e em S. Roque em Lisboa e também na Universidade de Évora. Foi qualificador do Santo Ofício, desembargador da Relação do Patriarca de Lisboa, seu confessor e do Infante D. António. Escreveu poesia em latim e deixou manuscritas muitas obras de filosofia que se encontram na Universidade de Coimbra e na Biblioteca Nacional de Portugal.        

Barbosa Machado, II, 411. 

Enciclopédia Luso-Brasileira de Cultura, vol. 3, colunas 676-677

 Dim.: 20.5x15.6 cm with  [xvi], 381 pp.

Binding: Contemporary full calf with raised bands and gilt tools on spine.

Printer’s device on title page and text adorned with decorated capital letters and fleuron. Illustrated with schemes and tables for a clearer explanation of the subjects.   

A very rare second edition. The first edition was published without the name of the author on 1711 in Lisbon printed by António Pedroso Galrão.  

Copy with ownership title of Manuel António de Souza Correia Monção, dated 23 of October 1752 and 1753 on the back of the front board. Damp stains, otherwise a very solid copy and in very good condition.  

Philosophy compendium that presents logics according to the Aristotelian categories and it falls within the framework of the effort to renovate the compendia of Coimbra (that had been published between 1592 and 1606) in the 18th century by priests of the Society of Jesus like Gregório Barreto or António Cordeiro.

The author (Cantanhede, 1669 - Évora, 14-01-1729) joined the Society of Jesus on the 22nd of January 1685 in Coimbra where he studied philosophy and theology between 1688 and 1701 at the University, where he later was teacher of those same subjects. He also taught rhetoric in Santo Antão and S. Roque in Lisbon, as well as in The University of Évora. He was qualifier of the Holy Office, judge at the court of appeal of Lisbon’s Patriarch, his confessor and also of the Prince D. António. He wrote poetry in Latin and left many handwritten works on philosophy, which may now be found at the University of Coimbra and the National Library of Portugal.        

 

Referência: 1609PG030
Local: M-5-C-25


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters