RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS, QUADRO A ÓLEO PINTADO SOBRE MADEIRA.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



GOMES DA COSTA. (Marechal Manuel de Oliveira) DESCOBRIMENTOS E CONQUISTAS.

I – O INÍCIO DO ULTRAMAR PORTUGUÊS 1415-1495. II – A VIAGEM DE VASCO DA GAMA 8 de Julho de 1497-29 de Agosto de 1499. III – AFONSO DE ALBUQUERQUE 1509-1515. Lisboa. Serviços Gráficos do Exército e Imprensa Nacional. 1927-1928-1929.

De 27x19 cm. 3 volumes com 193, [vii] + 306, [iv] + 410, [ii] págs. Ilustrado no texto e em extratexto com gravuras e mapas desdobráveis.

Brochados. Capas de brochura ilustradas a cores.

As datas de publicação dos dois primeiros volumes só se encontram nas lombadas, enquanto o terceiro volume tem a data de 1929 na folha de rosto e a de 1930 na lombada.

O principal objectivo do autor foi «vulgarizar os formidáveis trabalhos desta Nação, territorialmente tão pequena, mas dotada dum génio tão grande, que poude talhar para si, um lugar primacial na História da Civilização Humana. Todos esses formidáveis feitos, verdadeiramente épicos, todo esse esforço sem par, precisam ser remomerados duma forma simples e vulgar, para que o Povo conheça o seu papel no passado, e a sua missão no futuro.... por esta forma cremos vulgarizar os grandes feitos dos homens, que num esforço único na História da Humanidade, justificaram a nossa existência como Nação índependente, que soube impôr-se ao respeito e admiração de todos os povos cultos.»

Os títulos do primeiro e do segundo volume podem induzir em erro sobre o verdadeiro âmbito da obra que é muito mais vasto e rico do que eles pressupõem. O primeiro volume contém um resumo da história da Índia até à chegada de Vasco da Gama e o segundo volume narra toda a história dos portugueses na Índia desde o descobrimento até ao fim do Vice-reinado de D. Francisco de Almeida em 1509, assim como a viagem de Pedro Álvares Cabral.

O autor segue de perto os mais célebres cronistas e os historiadores do Século XIX como Oliveira Martins para fazer uma narrativa seguida dos primeiros 100 anos da expansão portuguesa.

Manuel de Oliveira Gomes da Costa, oficial do exército que atingiu o posto de Marechal, ficou conhecido como comandante das tropas portuguesas na Frente Ocidental durante a Primeira Guerra Mundial e celebrizou-se ao liderar o golpe de Estado de 28 de Maio de 1926. No entanto o seu estatuto de herói e oficial de grande coragem foi conseguido através de uma longa carreira colonial, de mais de vinte anos, durante a qual desempenhou funções administrativas e participou em muitos combates, em praticamente todos as províncias ultramarinas portuguesas.    

Referência: 1608PG035
Local: I-60-B-25

Indisponível





Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters