RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



CONSTITUIÇOENS SYNODAES DO BISPADO DE COIMBRA,

FEITAS E ORDENADAS EM SYNODO PELO ILLUSTRISSI-mo Senhor Dom Afonso de Castel Branco Bispo de Coimbra, Conde de Arganil do Conselho Del Rey N. S. &c. & por seu mandado impressas em Coimbra, anno 1591. E NOVAMENTE IMPRESSAS NO ANNO DE 1730. Com hu novo índex à própria custa, & despeza do Doutor Pantaleão Pereyra de S. Payo, Conego Prebendado da Santa Sè de Coimbra, & Economo do Bispado pelo Illustrissimo Cabido Sede Episcopali vacãte. (Gravura imitativa da gravura da 1ª edição, com as armas do Bispo D. Afonso de Castel Branco) COIMBRA: NO REAL COLLEGIO DAS ARTES DA COMPANHIA DE JESUS. Anno 1731. Com todas as licenças necessárias.

JUNTO COM: REGIMENTO DOS OFFICIAES DO AUDITORIO ECCLESIASTICO Do Bispado de Coimbra FEYTO, E ORDENADO EM SYNODO PELO Illustrissimo Senhor D. Affonso de Castel Branco Bispo Conde de Arganil, & do Cõselho delRey nosso Senhor, &c. (Gravura imitativa da gravura da 1ª edição, com as armas do Bispo D. Afonso de Castel Branco) COIMBRA: No Real Collegio Das Artes da Companhia de JESUS. Anno 1728. Com todas as licenças necessárias.

In fólio. De 29,7x21,5 cm. com xxiv, 440 + [iv], 128, [iv] págs.

2 obras encadernadas em um volume. Encadernação inteira de pele, com nervos e  ferros a ouro na lombada e título gravado a ouro sobre rótulo vermelho.

Bela impressão coimbrã, adornada com o brasão do Bispo Afonso ao centro da folha de rosto, belas vinhetas e capitulares xilográficas ao longo do texto.

Exemplar com um título de posse manuscrito, apagado, no interior da pasta anterior e um índice manuscrito parcial, em letra coeva, na folha de guarda posterior. Apontamentos coevos e manuscritos nas margens de muitas folhas com duas letras diferentes.

2ª edição muito rara. Inocêncio diz que não conhecia nenhum exemplar nas livrarias de Lisboa.

Conjunto de legislação promulgada pelo Bispo de Coimbra no âmbito dos seus poderes de governo, para renovar e adequar às determinações do Concílio de Trento a legislação que regia o clero e leigos da diocese de Coimbra.

O Bispo de Coimbra decidiu posteriormente promulgar um Regimento, diploma jurídico para regular o exercício das funções atribuídas aos oficiais e ministros da Justiça Eclesiástica, «para que cada um saiba, o que a seu ofício pertence, e é obrigado guardar, e as demandas se não dilatem e se faça às partes inteiro cumprimento de justiça.»

Fonte muito importante para o estudo da vida e do contexto social durante o Antigo Regime, devido à grande influência da Igreja em toda a sociedade e ao facto de esta desempenhar, na altura, tarefas que a partir de 1820 foram paulatinamente atribuídas ao Estado. 

Azevedo e Samodães 851.

Inocêncio II, 100: “Constituições Synodaes do Bispado de Coimbra. Feytas & ordenadas em synodo pelo Illustrissimo sõr Dom Affonso de Castel Brãco Bispo de Coimbra etc. E por seu mandado impressas em Coimbra por Antonio de Mariz, Impressor da Universidade. Anno 1591. [… ] Ultimamente, o referido prior Pereira Coutinho me informou da existência na Bibl. da Univ. de uma edição das Constituições, reimpressas em Coimbra, 1731, de que não tenho encontrado em Lisboa algum exemplar nas livrarias públicas”.

 In folio (29.7x21.5 cm) with xxiv, 440 + [iv], 128, [iv] pp.

Two works bound in one volume.

Binding: Contemporary full calf with raised bands and gilt tools on spine and gilt title on red label.

A beautiful printing from Coimbra, decorated with the coat of arms of Bishop Afonso on title page, beautiful woodcut engraved vignettes and capital letters throughout the text.

Copy presents an erased handwritten ownership title in the back of the front board, and a partial index in contemporary handwriting on the back endpaper. Contemporary handwritten notes on the margins of many pages with two different calligraphies.

A very rare second edition. Inocêncio states that he did not know of any copy existing in Lisbon’s bookshops.

A set of the legislation issued by the Bishop of Coimbra within the scope of his power to govern, renew, and adapt according to the determinations of the Council of Trent the legislation that ruled the clergy and laypeople of the diocese of Coimbra.

The Bishop of Coimbra later decided to issue a Rule, a legal text to rule the performance of duties by the officials and ministers of ecclesiastic Justice, “so that everyone knows what his their duty to obey and so that the claims are not delayed and justice is done to all the parts involved.»

A very important source for the study of the life and social context of the Ancient Regime, due to the high influence of Church in the whole society and the tasks it performed that, from 1820 on, were gradually transferred to the State. 

 

Referência: 1607PG020
Local: M-8-C-22


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

SERVIÇOS

Avaliações e Compra


Organização de Arquivos


Pesquisa Bibliográfica


A SUA ENCOMENDA

Ver

Encomendar


Valor: €0

Temáticas


Índice Geral / All Categories

Livros Raros / Rare Books

free counters