RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



BALDAQUE DA SILVA. (António Arthur) ESTUDO HISTORICO HYDROGRAPHICO SOBRE A BARRA E O PORTO DE LISBOA

Por… Capitão tenente da armada e engenheiro hydrographo, vogal da comissão das obras do porto de Lisboa, nomeada em 17 de setembro de 1891.

Tomo I [Memória descritiva e objecções técnicas]. De 23x14 cm. Com xlvi-133 pags.

Tomo II. ATLAS. Imprensa Nacional. Lisboa. 1893. De 52x36 cm. Com 31 mapas desdobráveis fac-similados.

Imprensa Nacional. Lisboa. 1893.

Ilustrado om 31 mapas desdobráveis fac-similados. Encadernados, livro com lombada em pele, atlas com encadernação do editor, cansada, com lombada em tela e título impresso na pasta anterior.

Exemplar com dedicatória ao cimo da folha de rosto do atlas: “Ao Ill.mo e Ex.mo Snr. Agostinho Pacheco Leite Bettancourt, em testemunho de m.ta consideração off.ce…”

Obra publicada com autorização do Ministro das Obras Públicas Conselheiro Bernardino Machado. O autor foi ajudado nas pesquisas de mapas históricos por Gabriel Pereira Director da Biblioteca Nacional de Lisboa e beneficiou de informações facultadas pelo Engenheiro, Conselheiro, Adolpho Ferreira de Loureiro, Director das Obras do Porto de Lisboa.

Contém um índice, com comentários explicativos, nas páginas de numeração romana, com a referência bibliográfica das cartas, mapas, planos e perfis hidrográficos recolhidos de obras e de atlas desde o séc. XVI até final do séc. XIX; e finalizando com um projecto (levantamento das cotas da barra, localização do thalweg, perfis transversais e plano de construção) do Porto de Lisboa entre a Praça do Comércio e Alcântara apresentado à Comissão de Obras pelo autor.

São transcritos os seguintes textos: partes da conferência pronunciada pelo eng. Mendes Guerreiro, em 3 de Novembro de 1888, na Associação dos Engenheiros Civis Portugueses, portaria de 17 de Setembro de 1891, mapa da quantidade de trabalhos executados nas obras do Porto de Lisboa desse 1887, propostas, memórias, pareceres e apreciações apresentados nas sessões da Comissão pelo autor e por outros membros que a compunham.

Neste importante trabalho sobre as obras do Porto de Lisboa durante o século XIX, que lhe deram grande parte do aspecto actual, o autor defende que tinham que ser feitas alterações ao traçado do muro exterior para impedir modificações profundas e nocivas, do regime do rio na barra de Lisboa.

Ver outro exemplar brochado na referência da Livraria Castro e Silva 1109JC007

Referência: 1604PG001
Local: M-2-B


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters