RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



BRACKENRIDGE. (Henry Marie) VOYAGE TO SOUTH AMERICA, PERFORMED BY ORDER OF THE AMERICAN GOVERNMENT IN THE YEARS 1817 AND 1818, IN THE FRIGATE CONGRESS.

2 volumes de 22x14,5 cm. com xviii, [ii], 331, 40 e [iv], 317 págs.

Encadernação da época inteira de pele, com ferros a ouro e rótulos nas lombadas, guardas em belo papel marmoreado e corte de folhas também marmoreado. As pastas com decoração raiz de nogueira.

Exemplar em excelente estado de conservação com encadernação de luxo.

Borba de Moraes apenas descreve a edição de Baltimore publicada no mesmo ano.

Nos anos em que decorreu esta viagem estava em curso o conflito entre Portugal e a Argentina pela posse do actual território do Uruguai, conflito que despertava o interesse da América do Norte cujos presidentes, desde a independência, começaram a defender uma tese política que tenderia a médio prazo para declarar que a América do Norte não admitia interferências de potências europeias em toda a América e posteriormente levou à formulação da Doutrina Monroe, em 2 de Dezembro de 1823 criando as bases do isolacionismo Americano e da profunda influência da América do Norte em todo o continente Americano.

Em 1816, o rei de Portugal D. João VI dando continuidade às acções de Portugal para estender as fronteiras do Brasil até ao Rio da Prata, tinha enviado para o sul a «Divisão de Voluntários Reais» comandada pelo general Carlos Frederico Lécor, que conseguiu tomar Maldonado e ocupar Montevideu, em 1817. Nos anos de 1817 e 1818 os portugueses foram confrontados com ataques de guerrilheiros que só conseguiriam vencer em 1820, na Batalha de Taquarembó, em 22 de Janeiro desse ano, que levou à anexação do território pelo Reino Unido de Portugal e do Brasil.

Em 1828 com o Brasil, já independente de Portugal e depois de uma guerra com a Argentina, o território em disputa tornar-se-ia independente da Argentina, tendo o novo país - o Uruguai, ficado na posse das cidade e fortalezas construídas pelos portugueses, tais como a Colónia do Sacramento. Ainda hoje em dia os naturais desta "colónia" têm direito á cidadania portuguesa.

Henry Marie Brackenridge (11 de Maio de 1786 - 18 de Janeiro de 1871) foi um escritor, advogado, juiz, superintendente e congressista americano pelo estado da Pensilvânia.

Borba de Morais vol 1, 117. 'A fim de obter informação confiável sobre a situação política e económica das províncias do Rio da Prata, o governo americano decidiu enviar uma comissão para investigar o assunto. H. M. Brackeridge, um afamado escritor, autor do Views of Louisiana (Pittsburgh, 1814), Journal of a Voyage up the River Missouri (Baltimore, 1816), e History of the late war between the U.S. and Great Britain (Baltimore, 1817, com edições posteriores, e uma tradução francesa, de 1820), foi escolhido como secretário da missão. A comissão zarpou na fragata Congress, em Norfolk, rumo ao Rio de Janeiro, onde chegou em dezembro de 1817 e onde permaneceu até o início de fevereiro do ano seguinte. Brackenridge fornece uma descrição entusiasmada do Rio, estuda as maneiras e os costumes, fornece estatísticas e comenta sobre a situação política. São Paulo, Santa Catariana e Rio Grande do Sul são descritas em capítulo à parte. A obra fornece, em mais de uma centena de páginas, detalhes importantes e precisos sobre o país. O restante do livro contém um tratado sobre a província do Rio da Prata, com base em ampla documentação. Humboldt afirma que este livro contém extraordinária quantidade de informação, sendo repleto de pontos de vista filosóficos.'

 2 volumes of 22x14.5 cm. xviii, [ii], 331, 40 and [iv], 317 p.

Contemporary full calf binding, with gilt iron tools and labels on the spines, beautiful marbled endpapers and red sprinkled edges. Boards with walnut root decoration.

Copy in excellent condition with luxury binding.

Borba de Moraes only describes the Baltimore edition published in the same year.

During the years of this trip there was an ongoing the conflict between Portugal and Argentina for the possession of the current territory of Uruguay, a conflict that aroused the interest of North America whose presidents, since independence, began to defend a political thesis that would tend, in the medium term, to declare that North America did not admit interference from European powers throughout America, and subsequently led to the formulation of the Monroe Doctrine, on the 2nd December 1823, creating the foundations of American isolationism and the profound influence of North America throughout the American continent.

In 1816, King João VI continuing Portugal´s actions to extend the borders of Brazil to the Rio da Prata, had sent to the south the "Division of Royal Volunteers" commanded by General Carlos Frederico Lécor, who managed to take Maldonado and occupy Montevideo in 1817. In the years 1817 and 1818 the Portuguese were confronted with attacks by guerrillas who they could only win in 1820, at the Battle of Taquarembó, on January 22 of that year, and which led to the annexation of the territory by the United Kingdom of Portugal and Brazil.

In 1828, with Brazil already independent of Portugal, and after a war with Argentina, the disputed territory would become independent from Argentina, with the new country - Uruguay, held by the cities and fortresses built by the Portuguese, such as the Colony of the Sacrament. Even today the naturals of this "colony" have the right to Portuguese citizenship.

Henry Marie Brackenridge (May 11, 1786 – January 18, 1871) was an American writer, lawyer, judge, superintendent, and congressman from the state of Pennsylvania.

Borba de Morais vol 1, 117. 'In order to obtain reliable information on the political and economic situation of the provinces of the Rio da Prata, the U.S. government decided to send a commission to investigate the matter. H.M. Brackeridge, a famous writer, author of views of Louisiana (Pittsburgh, 1814), Journal of a Voyage up the River Missouri (Baltimore, 1816), and History of the late war between the U.S. and Great Britain (Baltimore, 1817, with later editions, and a French translation, from 1820), was chosen as secretary of the mission. The commission set sail on the frigate Congress in Norfolk, towards Rio de Janeiro, where it arrived in December 1817 and where it remained until the beginning of February of the following year. Brackenridge provides an enthusiastic description of Rio, studies manners and customs, provides statistics and comments on the political situation. São Paulo, Santa Catariana and Rio Grande do Sul are described in a separate chapter. The work provides, in more than a hundred pages, important and accurate details about the country. The rest of the book contains a treatise on the province of Rio da Prata. Humboldt states that this book contains "an extraordinary amount of information, full of philosophical views."

RODRIGUES 444. STEVENS, Nuggets 1/83.

 

.

Referência: 1604NM033
Local: PCS1


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

SERVIÇOS

Avaliações e Compra


Organização de Arquivos


Pesquisa Bibliográfica


A SUA ENCOMENDA

Ver

Encomendar


Valor: €0

Temáticas


Índice Geral / All Categories

Livros Raros / Rare Books

free counters