RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



ROHAULTI. (Jacobi) PHYSICA

Latine vertit, recensuit, & ADNOTATIONIBUS. Ex Illustrissimi ISAACI NEWTONI. Philosophiâ maximam partem haustis, amplificavit & ornavit SAMUEL CLARKE, S. T. P. EDITIO SEXTA, In quâ, juxta Novissimam Editionem Londinensem, in Annotationibus simul comprehenduntur Dissertationes Sex, de Motûs Communicandi Legibus in corporibus Elasticis, de Potestatum Mechanicarum viribus explicandis, de Corporum Gravium Descensus Celeritate, de motu Projectorum, de Motu Pendolorum in Cycloide, & de Iride. (Vinheta jarra com flores) LUGDUNI BATAVORUM, Apud JOH. ARNOLD. LANGERAK, MDCCXXXIX. (1739)

In 8º De com [xxxii], 495, [i], [xvi] págs. Ilustrada com 27 gravuras a negro em extratextos desdobráveis.

Encadernação inteira de pele da época lombada com nervos, decorações com motivos vegetalistas e título em rótulo vermelho tudo gravado a ouro.

Folha de rosto impressa a vermelho e preto. Texto do Praefatio Interpretis, dos índices dos capítulos e dos assuntos está impresso em caracteres itálicos, sendo todo o resto da obra impressa em carateres redondos de diversos tamanhos. O texto é corrido e as numerosas e abundantes notas nos rodapés das páginas estão dispostas em duas colunas, separadas por filete tipográfico. Nas margens exteriores, o texto é ladeado por explicações adicionais.

Exemplar com assinatura de posse coeva na folha de rosto: D Miguel Lopes de Sá […]

6º edição da segunda tradução latina, a melhor, de uma obra essencial para estudar o desenvolvimento da física, a mais completa de todas e com a melhor tradução latina. Caracterizou-se pelo grande valor dado à experimentação. Em 1692 foi adoptada como livro de texto nas Universidades de Cambridge e Oxford.

Trabalho publicado pela primeira vez em francês, em 1671, tendo sido depois traduzido para latim em 1674 e para inglês em 1723. Contando desde a 1ª edição em língua francesa esta é a 11ª vez que a obra apareceu em público. 

Em 1697 Samuel Clarke traduziu a obra para um latim de elevada qualidade, de que dá exemplos no prefácio e foi nas sucessivas edições adicionando notas que não só explicavam o texto como o corrigiam com as ideias baseadas nos trabalhos de Newton.

Foi a mais divulgada e influente obra do período de 1671 a 1746, que começou por ser uma exposição da física cartesiana mas com as anotações de Samuel Clarke, e a preocupação deste cientista em actualizar a obra, tornou-a gradualmente num dos textos mais importantes para a difusão do newtonianismo.

Jaques Rohault (Amiens 1618- Paris 1672) filósofo, físico e matemático, discípulo e continuador de René Descartes, foi considerado o mais original de todos por Leibnitz.

Samuel Clarke (1675-1729) formou-se em Oxford em 1694 com uma tese em defesa da filosofia natural de Newton, publicou diversos tratados científicos, escreveu uma tradução da Ilíada e tinha muito interesse pela teologia.

 In 8º. [xxxii], 495, [i], [xvi] pp.

Illustrated with 27 hors-text engravings.

Binding: contemporary full calf with raised bands, decorations with vegetal motifs and red label with gilt title at spine. Title page printed in red and black. Praefatio Interpretis text, from indexes, chapters and subjects printed in italic characters, with the rest of the work printed on round characters of various sizes. The text has abundant notes at the footer of the pages arranged in two columns. On the outer margins, the text is flanked by additional notes.

Copy with handwritten ownership title on the title page: D Miguel Lopes de Sá [...]

6th edition of the second Latin translation of an essential work to study the development of physics, the most complete of all and with the best Latin translation. It was characterized by the great value given to scientific testing. In 1692 it was adopted as a textbook by the Universities of Cambridge and Oxford.

In 1697 Samuel Clarke did a high quality translation of this work into Latin and added notes to the following editions, which did not only explaine the text, but also corrected it with ideas based on the works of Newton.

It was the most publicized and influential work between 1671 and 1746, which began as an exposition of Cartesian physics but, due to the notes of Samuel Clarke and his concern to update the work, gradually made it one of the most important texts for the diffusion of Newton´s ideas.

Jaques Rohault (Amiens 1618 - Paris 1672) philosopher, physicist and mathematician, disciple and continuer of René Descartes, was considered the most original of all by Leibnitz.

Samuel Clarke (1675-1729) graduated from Oxford in 1694 with a thesis on Newton"s natural philosophy, published several scientific treatises, wrote a translation of the Iliad, and was very interested in theology.

Referência: 1312CS049
Local: M-9-F-15


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters