RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS, QUADRO A ÓLEO PINTADO SOBRE MADEIRA.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



CONSTITUIÇÕES SYNODAES DO BISPADO DE COIMBRA. CONSTITUIÇÕES SYNODAES DO BISPADO DE COIMBRA.

Feytas & ordenadas em synodo pelo Illustrissimo sõr Dom Affonso de Castel Brãco Bispo de Coimbra [etc]. E por seu mandado impressas em Coimbra por Antonio de Mariz, Impressor da Universidade. Anno 1591.

In 4º de (26x18 cm) com (X), 221, (II) fólios.

Exemplar com falta da folha de rosto das Constituições Sinodais e alguns fólios mal encadernados, mas que contém um fólio volante muito raro (datado de 1592 e que não é referido na BNP) com uma postura eclesiástica obrigando a hierarquia eclesiástica sob a visitação do Bispo Conde de Coimbra a proceder à aquisição desta obra sob pena de excomunhão.

Seguido de: REGIMENTO | DOS OFFICIAES | DO AUDITORIO ECCLESIASTI | co, Do Bispado de Coimbra. | [Vinheta armoriada de página inteira; “ALFONSVS DEI GRATIA EPICOPº COMES”]. | Feyto & ornenado em Synodo pelo Illustrissimo Sñr Dom Affonso de Castel | Branco Bispo Cõde de Arganil, & do Conselho delRey nosso Senhor, &c. | E por mandado Impresso em COIMBRA por Antonio | de Mariz Impressor da Vniversidade, | ANNO. 1592.

Com [II], 28, [III] fólios.

Encadernação do século XVIII inteira de pele com nervos e ferros a ouro, cansada.

Obras muito raras que são dois especimens bibliograficos indepêndentes, embora normalmente se encontrem juntas.

Exemplar de trabalho com ex-libris oleográfico (do Dr. José Bayolo Pacheco de Amorim);  fortes vestígios de manuseamento e de humidade; fólios de prólogo encadernados no final do volume; reparações grosseiras da época e fólios espelhados (primeiros fólios e colofón); importantes anotações marginais manuscritas da época; trabalhos de traça e oxidação; e manchas de humidade generalizadas.

Inocêncio II, 100: “Constituições Synodaes do Bispado de Coimbra. Feytas & ordenadas em synodo pelo Illustrissimo sõr Dom Affonso de Castel Brãco Bispo de Coimbra etc. E por seu mandado impressas em Coimbra por Antonio de Mariz, Impressor da Universidade. Anno 1591. De XII 223 folhas (as ultimas tres sem serem numeradas). Segue se com frontispício novo: Regimento dos Officiaes do Auditorio Ecclesiastico do Bispado de Coimbra etc. Coimbra, por Antonio Mariz 1592. fol de II 28 folhas. Por estas ficaram revogadas as anteriores, como ordenadas antes do Concilio Tridentino. Antonio Ribeiro dos Sanctos, nas Mem. de Litt. da Acad. tomo VIII, a pag. 88 dá erradamente estas Constituições impressas em 1551. Não advertiu o illustre academico, que Antonio de Maris ainda não tinha por certo typographia n'esse tempo, e que o Bispo D. Affonso de Castello Branco só tomou posse do bispado em 1585! (V. D. Affonso de Castello Branco.) Alguns exemplares desta edição se venderam em tempos mais antigos por 6:400 reis. Ultimamente, o referido prior Pereira Coutinho me informou da existência na Bibl. da Univ. de uma edição das Constituições, reimpressas em Coimbra, 1731, de que não tenho encontrado em Lisboa algum exemplar nas livrarias públicas”.


Temáticas

Referência: 1309JC048
Local: M-9-D-9


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters