RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



STOOTER. (João) SPINGARDEIRO COM CONTA, PEZO, & MEDIDA,

Que refuta desproporçoes. OU Exactas Spiculaçoes, & Experiençias, observadas & feitas, COM CONTA, PEZO, & MEDIDA. a & de CANNOS DE SPINGARDAS, CORONHAS, POLVORA, BALLAS, & MUNIÇAM, Que porêm naõ trata da Forja, nem o Forjar. & O â & dependente de tudo, com curiozidade explicando, & feito, emriquecido de Delineaçoes & Figuras. PAR IOAÕ STOOTER, Natural de ANVERES, morador & Homem de negocio que foy em LISBOA, mais de 26. Annos, & como curiozo do exercicio da Cassa, em utilidade de outros, dos Mestres Spingardeiros & Corunheiros, a todos muy util, a seu proprio Custo. EM ANVERES, Por HENRICO & CORNELIO VERDUSSEN, M. D. CC. XIX. Annos. [1719].

In 4.º (23,5x18,5 cm). Col: [viii], 82, [viii] pags. [as duas últimas páginas inumeradas em branco]

Ilustrado com 1 belo frontispício alegórico com as armas da casa real portuguesa adornadas com motivos alegóricos venatorios e 8 gravuras desdobráveis assinadas Ioan Stooter inv. Petrus Bouttats fec.

Encadernação recente em réplica de pergaminho ao gosto da época.

Exemplar intonso (por aparar) apresenta um restauro profissional de papel e mancha gráfica (na gravura entre pags. 68/69 que é de grandes dimensões) habilmente desenhado à mão, inserindo e reconstituindo 3/4 da gravura que apresenta esquemas de balística.

BM 230, 98.

Inocêncio IV, 44. e X, 363. “JOÃO STOOTER, que pelo apelido parece ser estrangeiro. Dele não tenho alcançado mais conhecimento, que o de haver publicado em seu nome, na Holanda, e no princípio do seculo XVIII, duas obras em língua portuguesa, a saber: 1344) Arte de fazer vernizes, etc. 1345) Regras de fazer espingardas, etc. De uma e outra vi há tempo exemplares em poder do Sr. Figanière; porém não podendo agora completar a descrição dos títulos no momento em que é forçoso dar para o prelo este artigo, envio desde já os leitores para as Correcções e aditamentos que hão-de ir no fim deste volume, onde acharão bem exactamente confrontados os referidos títulos (1). NOTAS: Este escritor foi, como ele mesmo diz, natural de Anvers, província de Brabante; perito no rachar e lavrar diamantes; e homem de negocio em Lisboa por mais de vinte e seis anos. Conforme ao que prometi a pag. 45, eis-aqui os títulos completos das obras que mencionei sob n°, 1344 e 1345; bem e fielmente confrontados á vista dos respectivos exemplares: Arte de brilhantes vernizes, & das tinturas, fazelas, & o como obrar com elas. E dos ingredientes de que o dito se deve compor, etc., etc... Como também uma offerta de 18, ou 20 receitas curiosas § necessárias para os ourives de ouro, etc., etc. Anvers, por la viuva de Henrico Verdussen 1729. 8.° de XVI – 65 – V 63 pag. É notável, que comece por um soneto ao autor antes do rosto do livro! Há d"esta obra varias reimpressões, mais ou menos mutiladas, entre elas uma, da Offic. de Bulhões 1786. 8.º; outra da Typ. de Nunes Esteves 1825. 12.º etc. Espingardeiro com conta, peso e medida, que refuta desproporções, ou exactas especulações e experiências observadas com conta pezo e medida, etc. Anvers, por Henrico & Cornellio Verdussen 1719. 4.º gr. de VI 82 pag., e mais 8 de índice sem numeração: tendo uma estampa no frontispício, e mais oito ditas de desdobrar, etc.

JOÃO STOOTER (v. Dicc., tomo IV pag. 44). Como tenho seguido, em harmonia com o que já fizera Inocencio nos anteriores tomos, reproduzirei o que ficou explicado e ampliado nos aditamentos a pag. 437. João Stooter foi, como ele próprio diz, «natural de Anvers, provincia de Brabante; perito no rachar e lavrar diamantes, e homem de negocio em Lisboa por mais de vinte e seis annos». Os titulos completos das obras mencionadas sob os n.os 1344 e 1345, fielmente confrontados, são os seguintes: Arte de brilhantes vernizes, & das tinturas, fazelas, & o como obrar com ellas. E dos ingredientes de que o dito se deve compôr, etc., etc. Como tãobem huma offerta de 18 ou 20 receitas curiosas & necessarias para os ourives de ouro, etc., etc. Anvers, por la viuva de Henrico Verdussen, 1729. 8.º de XVI 65 V 63 pag. - É notavel, que começa por um soneto ao auctor antes do rosto do livro! - Ha d’esta obra varias reimpressões, mais ou menos mutiladas, entre ellas uma, da off. de Bulhões, 1786. 8.º; outra da typ. de Nunes Esteves, 1825. 12.º, etc. Spingardeiro com conta, pezo e medida, que refuta desproporções, ou exactas spiculações e experiencias observadas com conta, pezo e medida, etc. Anvers, por Henrico & Cornelio Verdussen, 1719. 4.º gr. de VI 82 pag., e mais 8 de indice sem numeração; tendo 1 estampa no frontispicio, e mais 8 ditas de desdobrar, etc. Esta ultima obra foi, no leilão de Gubian, arrematada por 3$200 réis para a real academia de bellas artes de Lisboa.

BNP. "Foi adquirido em leilão (Novembro de 2007), uma raríssima edição em língua portuguesa de um tratado de espingardaria da autoria de Johan Stooter, de origem flamenga. Sobre o autor, pouco se sabe, presumindo-se que terá nascido em Antuérpia entre os séculos XVII e XVIII. Foi lapidador de diamantes e, durante vinte e seis anos, homem de negócios em Lisboa, onde certamente terá aprendido a língua portuguesa. No que se refere às obras publicadas deste autor, Stooter escreveu também a Arte de brilhantes vernizes, & das tinturas... igualmente editada em português, e publicada em Antuérpia, em 1729. A obra agora adquirida em leilão, intitulada: Spingardeiro com conta, pezo, & medida foi impressa em Antuérpia, por Henrico e Cornelio Verdussen, em 1719. Trata-se de um manual de espingardaria, constituído por vinte e nove capítulos.

Esta espécie bibliográfica apresenta um rico frontispício gravado a talhe-doce, tendo ao centro o título e a indicação do autor, encimado pelas armas reais portuguesas, sendo enquadrado por moldura com representação de vários animais de caça e diversas armas destinadas a práticas venatórias. O frontispício e as restantes gravuras que ilustram a obra têm na base as seguintes subscrições: “Joañ Stooter inv.” e “Petrus B. Bouttats, fec.”. De acordo com as pesquisas efectuadas, esta espécie bibliográfica não constou dos catálogos de leilões efectuados ao longo do século XX."

 This is a manual of rifle maker, consisting of 29 chapters, and illustrated with the tools, the machinery, and all the measurements in to order to produce a weapon.

Binding: replica of a contemporary parchment.

Copy with a professional and skilfully restoration of paper, and reconstituting three quarters of the folding plate between pages 68-69.

Illustrated with a beautiful allegorical frontispiece with the arms of the Portuguese royal house adorned with allegorical motives; and 8 hors-text plates signed by Ioan Stooter inv . Petrus Bouttats fec .

BM 230, 98.

Inocêncio (IV , 44; X, 363) reffers to the work as a treatise written by Johan Stooter, of Flemish origin. About the author, little is known, assuming that he was born in Antwerp by the end of the 17th Century. He was also a diamond cutter and was for 26 years a businessman in Lisbon, where surely have learned the Portuguese language. With regard to works published by this author, also wrote Stooter an Art of Varnishes, Dyes & ... also published in Portuguese and published in Antwerp in 1729.

Referência: 1309CS002
Local: M-9-E-26


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters