RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



MURALHA. (Pedro) TERRAS DE ÁFRICA. MOÇAMBIQUE E RAND.

Composto e impresso na Publicitas. Lisboa. 1925.

De 23x16 cm. Com 412, viii págs. Brochado. Profusamente ilustrado com 291 fotogravuras no texto. Capa de brochura ilustrada com o mapa a cores do sul de África.  

Exemplar por aparar de uma tiragem especial, não declarada, em papel mais encorpado e com extensa dedicatória do autor na folha de anterrosto, datada de 25 de Setembro de 1927, ao General Carmona, que era nesta data Presidente da República interino e Presidente do Conselho de Ministros.

Contém prefácio do Almirante Ernesto de Vasconcelos.

Pormenorizada descrição da viagem que o autor realizou a Moçambique, África do Sul, Rodésia e Transval.

Muito importante para o estudo da história de Moçambique no contexto dos países do sul da África. com grande número de apontamentos sobre economia, comunicações, agricultura, antropologia e etnografia realçados pelas fotografias. Contém análises das principais culturas e produções (como açúcar, algodão, chá) e quadros estatísticos.

António Pedro Muralha (Beja, 1878 - Lisboa, 1946). Começou a trabalhar como impressor tipográfico e fez-se jornalista e escritor. Trabalhou na redação de O Século, onde redigiu artigos centrados nas questões do trabalho e do movimento associativo, que lhe trouxeram prestígio. Colaborou também com o Diário de Notícias, A Capital e foi diretor do diário socialista A Vanguarda (1913-1922), onde desenvolveu violentas campanhas políticas. Fundou e dirigiu o Jornal Meio-Dia (Abr/1935-Ago/1936). Foi editor e diretor do semanário agrícola Vida Alentejana (Set-1934-Abr/1935) e das revistas Portugal Maior e Raça.

Em 1924 decidiu partir para África e visitou S. Tomé, Angola, Moçambique e o Rand. As suas impressões de viagem foram reunidas em livro, «Terras de África», prefaciado por Ernesto de Vasconcelos e Freire de Andrade. Publicou outras obras como «Portugal no Brasil»; «A Alemanha perante a Europa»; «A Bélgica Heróica»; «A Proa de Sagres»; «Cartilha Colonial; «História da Colonização dos Portugueses na América do Sul»; «Album Alentejano»; «Memórias»; «Roteiro Turístico de Leiria» e monografias de diversos concelhos. Possuía as insígnias da Ordem de Cristo.

Mário Costa. Bibliografia Geral de Moçambique. Agência Geral das Colónias. 1946. p. 227. 

Referência: 1302JC025
Local: I-105-B-3


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters