RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



ALMEIDA. (Padre Teodoro de) RECREAÇÃO FILOSOFICA,

OU DIALOGO Sobre a Filosofia Natural, para instrucção de pessoas curiosas, que não frequentárão as aulas. PELO P. THEODORO D’ ALMEIDA Da Congregação do Oratório de S. Fillipe Neri, Socio da Real Sociedade de Londres, e da de Biscaia. Quinta impressão muito mais correcta, que as precedentes. LISBOA NA REGIA OFFICINA TYPOGRAFICA. ANNO M. DCC. LXXXVI [1784].

Obra em 10 volumes. In 8º (de 17x11 cm). Com (xxxiv)-368, (iv)-454, (iv)-396, (iii)-325, (iv)-414, (iii)-504, (vi)-478, (iv)-312, (xvi)-403, e (xi)-444-(viii) págs.

Encadernações da época, inteiras de pele, cansadas e com falhas nas lombadas (particularmente no tomo I). Exemplar apresentando picos de traça marginais.

Ilustrados com o retrato do autor (J. Silva, fecit) e 28 estampas desdobráveis no final dos tomos em extra-texto (retrato e 5 estampas no 1º tomo, 4 estampas no 2º tomo, 4 estampas no 3º tomo, 5 estampas no 4º tomo, 5 estampas no 5º tomo e 5 estampas no 6º tomo).

Conjunto editorial completo e homogéneo (formando um conjunto com tomos da 5ª e a 6ª impressão, igual ao conjunto existente na BNP na cota S.A. 27574 P. - S.A. 27583 P) composto como segue: Tomos I (1786) e II (1788) da 5ª impressão; Tomos III (1803), IV (1803) e V (1819) da 6ª impressão; Tomo VI (1795) da 5ª impressão; Tomo VII (1805) da 6ª impressão; e Tomos VIII (1792), IX (1793) e X (1800) estes sem mencionarem a impressão a que pertencem.

Inocêncio VII, 301. “Padre Teodoro de Almeida, Presbítero da Congregação do Oratório de Lisboa, Sócio fundador da Academia Real das Ciências de Lisboa, Membro da Sociedade Real de Londres, e da de Biscaia, etc. Nasceu em Lisboa 1722. Aos treze anos de idade entrou na congregação do Oratório, onde estudou o curso de humanidades, a geometria, e a física, tendo nesta por mestre o P. João Baptista, o primeiro que nesta Corte ditou a filosofia moderna ou experimental, até então de todo ignorada. Repartindo a sua aplicação entre o estudo das ciências próprias do estado eclesiástico, e o das naturais, fez nestas notáveis progressos, de sorte que aos 24 de idade foi nomeado substituto da cadeira de Filosofia na sua congregação e aos 29 já era mestre efectivo, publicando por esse tempo o primeiro tomo da sua Recreação Filosófica.

Não menos assíduo no ministério evangélico, era ouvido com atenção e respeito no púlpito, e buscado de muitas pessoas que o tomavam por seu director espiritual, contando-se entre elas algumas senhoras da mais alta nobreza. Desconfianças bem ou mal fundadas lhe atraíram e á maior parte dos seus confrades na congregação o ódio do primeiro-ministro, depois Marquez de Pombal pouco faltou para que os filhos de S. Filipe Neri sofressem uma proscrição total, semelhante á dos Jesuítas, apesar da rivalidade que reinava entre as duas corporações! Em 20 de Junho de 1760 foram por ordem do ministro desterrados da Corte alguns fidalgos, e com eles os padres oratorianos Theodoro de Almeida, João Baptista, João Chevalier e Clemente Alexandrino. Mais tarde, segundo se diz, em Setembro de 1768, o P. Teodoro estando de residência na casa do Porto, teve de refugiar-se em França, e aí se demorou perto de dez anos, empregando-se no ensino particular das Ciências físicas e matemáticas, primeiro em Bayona e depois em Auch.

Ainda que com a morte d’el-rei D. José e queda do ministro em Fevereiro de 1777, parece que devia cessar o seu desterro, e serem-lhe abertas as portas da pátria, contudo só voltou a ela em Março de 1778. Foi então residir para a casa de N. S. das Necessidades, e retomou os seus antigos exercícios do magistério, do púlpito e do confessionário, tratando ao mesmo tempo de polir e aperfeiçoar as suas obras antigas, e de publicar de novo outras que compusera, prosseguindo nas mesmas ocupações, até que sendo atacado de paralisia em 10 de Abril de 1804, passou para a eternidade a 18 do dito mês, tendo vivido 82 anos.

Para esta (obra) adoptou ele um sistema de ortografia regulado pela pronúncia, tal pouco mais ou menos como o recomendára Verney no seu Verdadeiro Methodo d’Estudar: porém note-se que não só deixou de segui-lo nas outras obras publicadas posteriormente, mas até nos últimos tomos da sua própria Recreação, isto é, do VIII inclusivé em diante. Almeida respondeu largamente aos argumentos dos seus impugnadores, dedicando a esse intento a tarde nona, na segunda edição do tomo II, e nas que a este se seguiram.

Eis aqui o que a propósito desta obra, e da sua composição diz um dos modernos biographos do P. Almeida: «Compôs os seis primeiros tomos da Recreação Filosófica levado do louvável impulso de utilizar aos que não possuíam princípios elementares, e preferiu a forma de diálogos, nos quais procurou ser claro, adoptando um método fácil para as inteligências vulgares. Daqui nasceu que esta obra, deficiente já no seu tempo, foi pouco estimada dos entendidos na matéria, censurando-se-lhe algumas opiniões singulares, como por exemplo, a substituição da teoria newtoniana da luz. Tacharam-na também, quanto á forma dialogística, de pouco peso nas objecções do filósofo peripatético, que facilmente o pedagogo destruía, incutindo a opinião própria. Contudo, é inegável que este escrito com todos os seus defeitos, concorreu muito para excitar á leitura de obras mais graves, e para difundir notavelmente o gosto pelo estudo das ciências naturais, então concentradas nas academias, e fora do alcance dos curiosos. Foi um serviço do P. Almeida, que é hoje reconhecido, e por esta razão o apresentamos como facto principal da sua biografia literária. Dos quatro volumes que completam as Recreações, nada diremos, se não que a apologia da religião, assunto dos dois últimos, foi ditada por boas intenções.» Apesar disto, e do mais que pode dizer-se, a Recreação Filosófica é ainda uma obra popular entre nós”.

Referência: 1205JC040
Local: M-5-E-1


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters