RUGENDAS. (Johann Moritz) HABITANTE DE GOYAS. Quadro a óleo pintado sobre madeira.

     
English   
 
   

Clique nas imagens para aumentar.



MARTINEZ FERRANDO. (J. Ernesto) TRAGEDIA DEL INSIGNE CONDESTABLE DON PEDRO DE PORTUGAL.

Consejo Superior de Investigaciones Cientificas. Instituto Jeronimo Zurita. Madrid. 1942.

De 25,5x19 cm. com 364. [iv] págs. Ilustrado com 11 extratextos com gravuras sobre papel couché.

Encadernação com lombada e cantos em pele, decorada com nervos e ferros a ouro na lombada.

Estudo biográfico de grande qualidade e rigor baseado num estudo profundo de vasta documentação principalmente do Arquivo da Coroa de Aragão. Essencial para conhecimento de uma fulgurante personalidade do Renascimento, que se destinguiu como escritor, poeta, guerreiro, patrono das artes e admnistrador.

O Condestável D. Pedro, filho do Infante D. Pedro da Ínclita Geração, que morreu em combate na Batalha de Alfarrobeira, foi 5º Condestável de Portugal e 5º Mestre da Ordem de Avis. Depois da morte de seu pai viveu desterrado em Castela entre 1448 e 1454, voltando, nesse ano, a Portugal onde ajudou D. Afonso V na conquista de Alcácer Ceguer e Tânger. Entre 1463 e 1466, ano em que faleceu, tornou-se Conde de Barcelona e intitulou-se Rei de Aragão a pedido das instituições desta cidade, para combater contra o Rei D. João II de Aragão.

Referência: 1110JC072
Local: I-37-E-12


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
Multibanco PayPal MasterCard Visa American Express

Serviços

AVALIAÇÕES E COMPRA

ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS

PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

free counters