JOSEFO. (Flávio) - Alfonso Fernández de Palencia. LOS SIETE LIBROS DE LA GUERRA JUDAYCA Y LOS DOS LIBROS CONTRA APPION GRAMMATICO ALEXANDRINO Y OTROS PHILOSOPHOS GRIEGOS.

 
 

 
   

Clique nas imagens para aumentar.



SACROBOSCO, Johannes de, Bonet de Lattes e Boécio. TEXtus De Sphera Johannis de Sacrobosco

Cum Additione (quantum necessarium est) Adiecta: Nouo commentario nuper editio Ad Vtilitatem studentium Philosophice Parisieñ. Academie illustratus cum Cõpositione Anuli Astronomici Boni Latensis Et Geometria Euclidis Megarensis.

[Colofón]: «Impressum Parisii in officina Henrici Stephani e regione Schole decretorum sita. Anno Christi siderum conditores 1511. Decimo die Novembris». [Henrici Stephani/Estienne, Paris, 1511].

In fólio de (27x19,5 cm) com 32 fólios sem numeração.

Encadernação do século XIX com lombada e cantos em pele.

Magnifico frontispício tipográfico gravado com as insígnias da Universidade de Paris, as insígnias do impressor "H" e "S" nas margens com anjos e gravuras xilografadas nos versos de a3 e c1.

Bela impressão parisiense pós-incunabular em caracteres góticos, ilustrada com tabelas de dados e com numerosas gravuras astronómicas no texto, algumas de rara beleza.

Obra científica, editada para uso da Universidade de Paris, incluindo três tratados. O primeiro com capital importância para a navegação para a América: o Tratado da Esfera de Sacrobosco. O segundo tratado é o Livro do Anel Astronómico da autoria de Bonet de Lattes (Liber Annuli Astronomici de Bonus Latensis). O terceiro tratado é a Geometria de Euclides com a tradução latina de Boethius.

O autor Giovanni di Sacrobosco ou Sacrobusto [João de Sacrobosco; Johannes de Sacrobosco; John of Hollywood, Escócia ca. 1195 - ca. 1256] foi um astrónomo, astrólogo e matemático inglês, considerado um dos maiores eruditos do século XIII e o primeiro a considerar que a Terra era redonda. Sacrobosco foi Professor da Universidade de Paris e autor da obra medieval "Tractatus de sphaera", traduzida e comentada posteriormente em português pelo matemático e astrónomo Pedro Nunes, em 1537. A leitura de Sacrobosco foi obrigatória nas universidades de Espanha por ordem real publicada nas Leys da Recopilacion (V. tit. XIII. Lib. II).

Sobre o autor Bonet de Lattes sabemos que foi um importante médico e astrónomo judeu que ficou conhecido como o inventor de um sistema anelar ou circular, de grande precisão, através do qual podem ser conhecidas as altitudes do sol e das estrelas, tanto de dia como de noite, destinado inicialmente ao cálculo das horas para o conhecimento das casas astrais, mas também aplicado ao conhecimento das latitudes. Este tratado foi publicado pela primeira vez em 1493 (Annuli per eum Composi super Astrologiam Utilitates, Andreas, Roma, 1493) e foi publicado várias vezes, sempre como um suplemento de outras obras. No final do texto do tratado de Bonet encontra-se «Parce precor rudubus / que sunt errata Latino Lex hebrea michi est / lingua latina minus. Boni de latis hebrei anuli astronomici Finis», que se trata de uma desculpa do autor pelo facto de falar e escrever menos bem em Latim do que em Hebreu.

Bonet viveu no final do século XV e início do século XVI, sendo contemporâneo da impressão desta obra. Nasceu na Provença, em Lattes, uma localidade marítima perto de Montpellier. Mais tarde foi para Roma sendo médico pessoal do Papa Alexandre VI Bórgia e do Papa Leão X. Cerca de 1507-1513 Bonet era o Rabi de Roma. Em sua casa, que funcionava como sinagoga do gueto, encontrava-se a Arca da Aliança e os livros sagrados tapados por tecidos e reposteiros. (Vide Hipolito Buchman, The Esoteric Codex: Medieval Astrologers; vide Eliazim Carmony, Histoires des Medecins Juifs).

Sobre o autor Boécio, aliás Anicius Manlius Torquatus Severinus Boethius (Roma, cerca 480 - Pavia, 525) foi um filósofo, estadista e teólogo romano que se notabilizou pela sua tradução e comentários das obras dos clássicos gregos sobre matemática, lógica e teologia. Por vezes os resumos das obras e os seus comentários são muito reduzidos, tal como neste tratado Geometria Euclidis a Boethio in latinum translata. Boécio foi chefe do governo e dos serviços da corte pelo rei ostrogodo Teodorico, o Grande (474–526) e acusado de traição a favor do Império Bizantino, foi torturado, condenado à morte e executado.

 An important edition of Sacrobosco’s works on astronomy, together with a work about the ring calender and the geometry of Euclide.

Extremely rare.

Quarter leather binding with paper boards (early XIX century). Late incunabular print with 32 leaves and engraved title page (woodcut Estiennes angel title border, carrying the coat of arms of the University of Paris). Large woodcut in verso of a3 & c1, many small woodcuts illustrating the text.

Three texts in one volume, edited by Estienne for use at the University of Paris. First text is the Treatise of De Sphere from Sacrobosco. The second text is the treatise The Book of the Ring, written by Bonet of Lattes. The third text is a resume of the 4 Books of Geometry from Euclides (Geometric Euclidis) in a Latin translation by Boethius.

This book was extraordinarily successful particularly as a university text book. There are hundreds of extant manuscript copies of the "De Sphera" and it was first printed in 1472 at Ferrara. There were over thirty further incunabula editions, and more than two hundred in the 16th century. The last early modern edition was printed in Antwerp in 1673. The interest in Sacrobosco’s work and computations was no doubt fueled by the mathematical demands of the art of navigation, then a fundamental element of the desperate race to control the New World. In fact, other editions of Sacrobosco’s work were published with early accounts of Spanish discoveries, such as the 1551 Paris printing, which included Eliae Vineti’s Scholia references to the East and West Indies.

Giovanni di Sacrobosco or Sacrobusto [or John of Hollywood, Scotland, ca. 1195 — ca. 1256] was an astronomer, mathematician and English astrologer considered one of the greatest scholars of the 13th Century [and he is considered to be the first to state the Earth was round]. He was professor at the University of Paris and author of the medieval work "Tractatus de sphaera", later translated into Portuguese and commented by the mathematician and astronomer Pedro Nunes in 1537. The reading of his works was compulsory in Spain by a Royal decree published in the Leys da Recopilacion (V. tit. XIII. Lib. II).

 

 

Referência: 0912CS001
Local: M-11-B-9


Caixa de sugestões
A sua opinião é importante para nós.
Se encontrou um preço incorrecto, um erro ou um problema técnico nesta página, por favor avise-nos.
Caixa de sugestões
 
PayPal MasterCard Visa American Express
free counters